Jovem havia saído do CASE há um mês, mas foi apreendido novamente pela Polícia Civil nesta quinta-feira.

Policiais Civis da 63°Delegacia de Paraíso do Tocantins, coordenados pelo delegado José Lucas Melo, cumpriram na manhã desta quinta-feira, 30, mandado judicial de internação provisória de um adolescente de 15 anos de idade. O jovem é suspeito da prática de inúmeros atos infracionais análogos a furto e roubo.

Segundo a autoridade policial, o adolescente é velho conhecido do meio policial já que coleciona alguns registros por prática de furtos e roubos nos últimos anos. “Desta vez, após passar um período no CASE (Centro de Atendimento Socioeducativo), em Palmas, o jovem havia sido liberado há pouco mais de um mês, tendo retornado a Paraíso, onde novamente voltou a praticar atos infracionais contra o patrimônio”, ponderou o delegado José Lucas.

Com a reincidência das práticas delituosas, a Polícia Civil, através da 62ª DPC, representou junto ao Poder Judiciário pela internação do menor, pedido que foi deferido pelo juízo da Comarca de Paraíso e, cumprido pelos policiais civis da 63ª DP quando o jovem se encontrava em sua residência no setor Paraíso Feliz.

Após o cumprimento da decisão judicial, o menor fica novamente à disposição do Poder Judiciário.

 

Por: Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins


Compartilhar:

Deixe seus Comentario